2 Novas Séries Para Você Assistir

 

Hey terráqueo! Tudo beleza? 

Gente, hoje vou indicar para vocês duas novas séries que lançaram faz pouco tempo, 3% produzida pela NetFlix e Westworld produzida pela HBO. 3% você pode assistir, claro, pelo site oficial da NetFlix. E Westworld os episódios passam na rede da HBO na tv, porém, a HBO agora tem um site de streaming, a HBO GO, e se você é assinante, por lá poderá assistir a série e todas as outras lançadas pela HBO. Simbora!

 

Resultado de imagem para sinopse da série 3%

3% é a primeira série original brasileira da NetFlix. É um thriller futurístico que se passa em um mundo no qual todas as pessoas, ao completarem 20 anos, podem se inscrever para um processo seletivo que os levará a um “novo mundo”, chamado de ‘Mar Alto’, cheio de oportunidades e promessas de uma vida melhor. Mas apenas 3% das pessoas são aprovadas para ingressarem nessa área, mas, até lá, um processo bastante cruel é imposto aos candidatos. Onde eles serão testados com provas nada fáceis e bem rigorosas, e essas irão testar suas personalidades, caráter e índole no decorrer do processo.

Resultado de imagem para fotos da série 3%

3% narra a história de um mundo devastado em que somente uma pequena parcela da população – os ditos 3% – tem a verdadeira chance de sobreviver e alcançar uma vida melhor. Com isso, temas como a vida em sociedade e regras de convivência serão trabalhados, assim como as suas vantagens e as suas desvantagens.

Trailer: 

 

 

Imagem relacionada

Westworld é um parque temático futurístico, dedicado à diversão dos ricos. Um espaço que reproduz o Velho Oeste, povoado por andróides – os anfitriões –, programados pelo diretor executivo do parque, o Dr. Robert Ford (Anthony Hopkins), para acreditarem que são humanos e vivem no mundo real. Lá, os clientes – ou novatos – podem fazer o que quiserem, sem obedecer a regras ou leis. 

Resultado de imagem para fotos da série westworld

No entanto, quando uma atualização no sistema das máquinas dá errado, os seus comportamentos começam a sugerir uma nova ameaça, à medida que a consciência artificial dá origem à “evolução do pecado”. Entre os residentes do parque, está Dolores Abernathy (Evan Rachel Wood), programada para ser a típica garota da fazenda, que está prestes a descobrir que toda a sua existência não passa de bem arquitetada mentira. 

Trailer:

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Caminhando, Observando, Absorvendo

tumblr_mf12057jxy1r54fddo1_500

Olhando ao redor, observando pessoas, pessoas que vão e que vem, para lá e para cá, que vão e nunca voltam, e que voltam e nunca mais vão. Cada um com sua vida, cada um em busca dos sonhos, cada um fazendo sua própria história. Alguns sorriem, outros choram, muitos correm e poucos caminham. Existem aqueles que pulam, para tentar chegar primeiro, e acabam se esquecendo que as etapas puladas serão essências mais para frente, para a própria história. Existem aqueles que ficam parados, apenas observando, como eu fazia, o que era um erro, devo admitir, pois dá muito bem para observar enquanto se caminha, é verdade. E isso é exatamente o que estou fazendo agora. Enquanto caminho eu observo tudo ao meu redor, fazendo nota de lembrar que as vezes correr é necessário, mas não o tempo todo. Já surgiram, está surgindo e ainda surgirá muitos e muitos obstáculos no meu caminho, e esses, mesmo que alguns me deixem em algumas situações realmente ruins, também faço nota para não pula-los, e sim para enfrenta-los e encara-los, pois sei que eu irei me recuperar deles brevemente e são eles, na sua maioria, que irão me testar para ver o quanto eu quero chegar lá, o quanto eu tenho fé, o quanto posso aguentar, e eles também acabam mostrando um pouco mais de mim. Uma das melhores partes da caminhada é a sensação de mais um obstáculo vencido. Siga em frente você também, você ai que está lendo, pare quando necessário, corra quando necessário e sempre caminhe, sempre se lembrando de tomar notas e de que não adianta ficar preocupado o tempo todo, pois o que tiver de vir, virá, e você enfrentará quando vier. 

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Resenha: O Discurso “Faça Boa Arte”, de Neil Gaiman

 

na sua estante.JPG  

Título: O Discurso Faça Boa Arte
Autor: Neil Gaiman
Páginas: 80
Editora: Intrínseca
Estrelas: Resultado de imagem para fotos de estrelas png 5/5

na sua e.JPG

Esse livro é realmente todo o discurso que o Neil Gaiman fez para os formandos da The University of Arts. Onde ele falou sobre sua vida e início de carreira, sobre não ter feito universidade, sobre o maior e melhor conselho que ele já recebeu na vida. 

na sua estantt.JPG

É um livro curto e interativo, feito para inspirar, feito para você pensar nos seus sonhos, e como disse Gaiman, pensar sobre a montanha, que é a escalada, o caminho que seguimos em busca dos nossos sonhos. Esse livro não é só para quem já passou dos vinte e ainda tem incertezas etc. Ele é para todas as pessoas que tem sonhos, que querem vivenciar seus objetivos, que querem alcança-los, que querem realiza-los. 

Ele parece aqueles livros que são tipo um manual, para quando você precisar de um conselho, ou tiver com incertezas, você pega ele e lê, e deixa que ele te recoloque em direção a montanha. 

na sua estan.JPG

Não importa se você é de exatas, porque esse livro fala sobre sonhos, e sonhos é a linguagem que todo mundo entende. Não importa qual profissão você queira seguir, porque assim como todo mundo, você terá que escalar a sua montanha, terá que passar por obstáculos, por pedras no caminho, por momentos de incertezas e indecisões, por momentos de dificuldades, assim como quase todo mundo na vida. Terá que assumir riscos, terá que pagar contas, e isso é o que vai te ensinar, você aprendera durante todo o seu percurso enquanto sobe a montanha. Ruim seria você não passar por isso, ruim seria você não ter a experiência que adquiriu com seus erros e tombos e acertos, pois isso é essencial. 

na sua est.JPG

Amei o livro, o discurso do Gaiman é fantástico. O Melhor conselho que ele já recebeu (não irei falar de quem ele recebeu, você descobrirá quando ler o livro, haha <3) pode-se dizer que é realmente o melhor conselho e muito válido, pois quase sempre esquecemos desse detalhe que é o que faz a caminhada valer a pena, aproveitar os momentos.

nsee.JPG

Não se esqueça que mais importante que chegar no topo da montanha é aproveitar cada momento enquanto você caminha, pois na hora que você brilhar lá de cima, terá mais ensinamentos, saberá valorizar mais você mesmo, seus esforços e as coisas ao seu redor, saberá que a humildade é muito importante em todo o processo. 

na sua es.JPG

Aqui no post deixarei o vídeo do discurso do Neil Gaiman, caso você queira assistir.

nasuaes.JPG

Vídeo:

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

 

 

Uma História da Minha Cabeça – Part:01

Sob A Água, Moda, Mulher, Aumento, Água, Tanque

(Uma história de água, sal, sangue e coração.)

Correndo, correndo, sempre correndo. Respira fundo e corre um pouco mais. Sempre tive essa sensação em relação ás outras pessoas, de que precisava correr para acompanha-las. Não no sentido de acompanha-las fisicamente, você entendeu o que eu quis dizer. Ah, quase esqueci de me apresentar. Quem vos fala é a Atena, prazer! (Acabei de esticar a minha mão, isso mesmo, pode esticar a sua também, ai do outro lado) e pois é, minha mãe me deu esse nome por ser apaixonada pela Grécia antiga e essas coisas. O lado bom é que eu gosto do nome, pois é interessante de um jeito bom. Ah, sim, voltando ao que eu estava falando, pois é, não sei bem porque mantenho isso em mim, pois as pessoas que me cercam geralmente dizem o contrário, falam que elas precisam tomar fôlego vezes ou outra para poderem me acompanhar, não sei se dizem isso por ser uma verdade para elas, assim como o contrário é para mim, ou só para me acalmarem. Mas se for a segunda opção, não precisam me acalmar, pois eu não fico irritada por isso.

Mas é certo de que muitas vezes eu precisei desacelerar para permitir que outros me acompanhassem. Isso deve acontecer ao menos uma vez na vida de cada ser humano, eu acho. Mas geralmente eu preciso acelerar, não consigo ser parada demais, ou calma demais como outras pessoas. Por isso eu falo que preciso correr para acompanha-las, pois eu preciso desacelerar e correr até elas para que eu também possa participar do que quer que estejam falando, fazendo etc. Meu melhor amigo diz que eu tenho uma misturar de fogo e gelo nas veias, com um pouco de ácido apimentado (nunca ouvi falar nesse), e para manter as coisas um pouco mais desaceleradas, equilibradas, eu tenho que aprender a controlar toda essa mistura que corre no meu sangue. Eu ein, toquinho! Sempre falo isso para ele, e pois é, o apelido dele é toquinho, não por ele ser baixinho, porque ele parece um vara pau! Toquinho deveria ser meu apelido, considerando nossa altura. Ele tem esse apelido porque eu coloquei nele, desde que eramos crianças, e foi há muito tempo, o suficiente para me fazer esquecer o motivo do apelido, ele diz se lembrar, toquinho, mas nunca me conta, diz que gosta do mistério. Olha, amigão, se você considera o nome toquinho super misterioso, eu não quero nem saber o que você não considera! 

Ah, certo, vocês perceberam, acho, que eu costumo me esquivar muito facilmente do que eu estiver pensando no momento e vagar por outros pensamentos super nada a ver. Pois é, é esse lance todo do pensamento acelerado ou da mistura maluca que o toquinho diz que eu tenho nas veias, vai saber. Então,  eu sempre me pego tendo que desacelerar e correr para trás para acompanhar as outras pessoas, bom, tirando o toquinho, que já está acostumado comigo desde… sempre. Mas as vezes até ele parece ter dificuldade de me acompanhar. Já terminei vários namoros e amizades por isso, pois as pessoas costumavam dizer: Ah, Atena, você é gelada demais, e blá blá blá, ou, sua beleza as vezes me espanta, ou, parece que um vulcão caiu sobre você, ou, você é sempre tão venenosa assim mesmo ou é encenação? (Venenosa= a coisa do ácido e tals) Mas eu sou super de boas, juro!

Nada disso nunca me incomodou, apenas uma única coisinha: o que a beleza tem a ver com a personalidade? Sei que tenho uma beleza exótica, Alexander sempre me disse isso e sempre achou isso incrível. Ah, Alexander é o nome do Toquinho. Eu sempre me via em frente ao espelho, e quando olhava para as outras pessoas eu percebia uma certa e sutil diferença notável. Ah, outra coisa incomum é a minha voz, mas só quem sabe disso é o Alexan e minha mãe, pois é BIZARRO demais! Mas vou contar um pouquinho para você. Eu amo cantar, até ai tudo bem. E a primeira vez que percebi que tinha uma voz boa o suficiente, eu estava em frente ao espelho (fala sério!), no meu quarto, e simplesmente abri a boca e comecei a cantar, mais ai eu percebi que o meu rosto mudava, meus olhos, meu cabelo… parece loucura, eu sei, eu sei, mas é verdade, é real, eu sou mais exótica que o normal. Meus olhos são castanhos, normais, mas quando eu canto eles ficam dourado. Meu Deus, deve ser algum tipo de doença, procura um médico! Você deve estar pensando. Que talvez eu tenha caido do berço e isso prejudicou as minhas cordas vocais e coisas do tipo, porque foi o que o Alexan pensou no primeiro instante. Então não vou nem relatar o que acontece com o meu cabelo e rosto. Alexan ama quando eu canto, pois ele diz amar o que acontece comigo, nas palavras dele: é lindo e encantador. Minha mãe fica nervosa e não gosta que eu cante, parece que para ela, eu percebi, isso a faz se lembrar de dias remotos, por isso eu nunca a desafiei, respeito a opinião dela. Por isso só canto para o meu melhor amigo. 

Parece loucura mais eu nunca me importei em procurar um médico, primeiro porque minha mãe afirma não precisar, que isso é apenas uma doença não prejudicial herdada pela família do meu pai. (Depois conto sobre ele.) Bom, eu não gosto de hospitais, odeio, pura e simplesmente, e isso é motivo suficiente para que eu também não procure, e segundo, porque eu nunca sofri por ter essa característica, quando falo ‘sofri’, digo que isso nunca me fez ficar realmente doente, ou passar mal. Longe disso, as vezes quando me sinto mal, é só cantar, eu sinto uma vibração de paz e tranquilidade… apesar das mudanças que ocorrem comigo, já fiz isso tantas outras vezes que me acostumei com esse fato. 

Existem outras coisas que eu quero contar para vocês, talvez toda a história, mas vou deixar isso para um outro dia, por hora é só, até logo, querido leitor. De Atena.

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

 

VICIEI Nessa Musica!!

Hey terráqueos! Tudo beleza? 

Gente, viciei na nova musica do Shawn Mendes, Mercy. A letra da musica é bem bonita, mas o que me viciou mesmo foi a voz dele e toda a melodia da musica, além de que a letra é bem agradável de cantar e cola na tua cabeça, e você fica com vontade de cantar ela o tempo todo! Haha. Ai, amazing! ❤ Escuta ela ai e se vicia também! Haha. Aperta o song!

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Vamos Falar Sobre: O Lar das Crianças Peculiares

Já tem resenha do livro aqui no blog, só clicar AQUI para ler.

Imagem relacionada

Eu não tinha nem ideia de como começar a escrever sobre o que eu achei do filme, porque é um abismo enorme, a adaptação. Eu já tenho consciência de que as adaptações nunca irão ficar idênticas aos livros, e que independente de ficarem boas ou não, nunca será as mil maravilhas, o que as vezes é bom, pois acaba acrescentando coisas e pontos de vistas diferentes, mas, geralmente quase nunca agrega e sim, separa. GENTEEEE, eu ouso dizer que esse filme não foi feito para os fãs dos livros, eles simplesmente não ligaram em mostrar a relação do Jacob com o avô, o motivo mais importante do garoto ir para a ilha etc. Mostrar a Srta. Peregrine parecer uma vilã no início do filme?… O QUE FOI ISSO, BURTON? 

A dica que eu dou é: assistam o filme sem pensar que é uma adaptação do livro. Para quem já leu o livro, é claro, e assim como eu se apaixonou pela história criada pelo Riggs. Porque o filme, é até difícil explicar, é tipo: é a mesma história, só que com uma história diferente, sendo que com os mesmos personagens, sendo que trocaram poderes de uns, alteraram a idade de outros, romantilizaram uma coisa nada a ver. Além de a história toda acontecer muito rápido, sabe, e tipo, NÃO CARA! Cenas que eram importantes para a construção de personagens não foram colocadas, enquanto que outras cenas que nem existiam e que foram inventadas, colocaram no filme… para mim, pareceu até que mudaram os ‘sentimentos’ dos personagens…

Ouso dizer que o roteiro foi infantilizado. Essa adaptação me pareceu que eles fizeram para crianças assistirem, e não os fãs dos livros, como eu já falei. O vilão da história pareceu mais que era para ser um alivio cômico.

Resultado de imagem para fotos do filme o lar das crianças

Por isso repito, assistam ao filme sem pensar que é uma adaptação, porque se não irão se decepcionar. Me decepcionei, sim, é possível que sim. (Na verdade me decepcionei por terem infantilizado sim, etc.) Assisti ao filme, gostei dos efeitos especiais, da fotografia de uma das primeira cenas do filme, logo quando eles chegam a Gales, e a cidade tem no ar uma neblina densa… em algumas cenas eu rir para não chorar, porque né gente… em uma das cenas com ‘o vilão alivio cômico’ por exemplo, chorei de rir. Uma cena que foi inventada, quem leu o livro e assistiu o filme sabe de qual cena eu tô falando, ri muito também. (A cena em que as crianças começam a jogar sorvete nos etéreos cara, é muito cômico!) 

No geral, resumindo, é um filme pipoca, que tinha tudo para ser legal para os fãs dos livros, mas que infelizmente o roteiro foi infantilizado. Como leitora e fã do livro, não gostei da adaptação, mas como uma simples espectadora que assistiu um filme pipoca e deu risada, curti sim. 

Trailer:

Enfim, se já assistiu comenta ai o que achou do filme, ou se já leu o livro etc. Amarei saber! Beijo 🙂

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Entre uns Drinks e Outros

“Vê um drink, por favor.” Foi o que eu pedi ao barman assim que sentei á bancada do bar mais estiloso da cidade. “Um cosmopolytan.” Escuto uma voz suave falar, olho para o lado, uma garota está sentada perto de mim, acho que deve ter uns vinte anos, mais que isso não. Passo a mão no cabelo, o bar está quente, e meu cabelo agarra atras do pescoço. Meu drink chega, e eu tomo tudo em um único gole. Bato o copo forte contra a bancada, e a moça ao lado olha para mim. Toma um pouco da sua bebida e eu acompanho a mesma descer por sua garganta. E de repente ela fala, me perguntando qual o motivo de eu estar aqui. Não sei o que responder e falo que estou aqui pelo mesmo motivo que todo mundo, para beber. Ela sorri e fala que a desculpa ”para beber” é o que todo mundo diz quando quer se esvaziar de algum problema, e vem para um bar. Ela toma outro gole. Sorri de novo e me pergunta se é para esquecer um amor, uma briga feia que tive com alguém ou problemas familiares. Bebo mais um drink e pergunto se ela é psicologa. Ela responde que na verdade, sim, é. E isso me surpreende pois eu não esperava essa resposta. Ela sorri, bebe mais um gole e fala que até os psicólogos tem problemas. E que o motivo de ela estar aqui é, na verdade, um desses problemas. Resolvo falar que eu também, mas não é nenhum dos motivos anteriores que ela falou, respondo que é o trabalho. Ela ergue as sobrancelhas, revira os olhos e fala que é claro, é obvio, esqueceu desse tema.

telefone.jpg

Acaba falando que o problema dela é o amor. E isso me surpreende, mais uma vez. Amor? Pergunto. Ela parece surpresa e pergunta: porque não? Respondo que, de acordo com os meus cálculos, uma garota jovem, bonita, e que já exerce uma profissão, não imagino esse tipo de garota sofrendo por amor, e sim fazendo os outros sofrerem por amor. Peço um uísque duplo ao barman, ele me traz, e bebo com gosto, sentindo a queimação descer pela garganta. Ela da uma gargalhada. Diz que esse pensamento é patético, na verdade, pois ninguém é inseto de sofrer por amor, muito menos as garotas jovens de vinte e poucos anos. É claro que ela teria mais de vinte anos, penso comigo mesmo. Quero perguntar qual a idade dela, mas penso que isso não seria uma pergunta muito educada. Ela parece perceber e faz uma careta, respondendo que tem 28 anos. Isso me deixa boquiaberto. Ela sorri de novo, e responde que provavelmente eu devo ter pensando que ela tivesse 19 anos, pois é o que todo mundo sempre pensa. Respondo que dei 20 anos, na verdade.

Ela responde que tanto faz. Toma mais um gole e eu observo mais uma vez o líquido descer por sua garganta. Ela retira algo da bolsa, uma carteira, e deixa uma nota em cima da bancada. Ela já vai embora? Penso. Nem perguntei o nome dela. Ela se levanta, fechando a bolsa. Eu também levanto, e quando ela parece que vai dar um passo, seguro o braço dela com delicadeza. Pergunto qual o nome dela, ela sorri, solta o braço e deixa um cartão em cima da bancada, dá as costas e vai em direção a saída. Olha para traz uma última vez e vai. Peço outro drink e me sento novamente, pegando o cartão nas mãos. Está escrito: Consultório da Dra. Singer. Que suponho ser o sobrenome dela, mas ainda assim, não tem nenhum primeiro nome escrito, e eu continuo sem saber o nome dela. Mas no cartão tem um número de telefone. Tomo coragem, engulo todo o meu drink e resolvo ligar para o número do cartão. Ela atende no segundo toque, e responde: Mais já? Respondo que não conseguiria esperar para o dia seguinte. E é como se eu conseguisse adivinhar que ela abriu um sorriso do outro lado da linha.

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Post Novo!! E QUANDO NÃO SEI MAIS PARA ONDE IR?

Terráqueos, fiquei esse tempinho sem postar posts novos porque gente, estava me recuperando da prova do enem, que Senhor, é uma prova física e mental, vou te contar, viu! Quem já fez sabe o que estou falando. Haha, enfim, vem comigo que tem post novo! ❤

 

1317173034415_f_large-thumb-600x398-82075.jpgE QUANDO NÃO SEI MAIS PARA ONDE IR?

Qual caminho escolher? Qual estrada seguir? Aquela seta aponta para a direita! Mas eu não deveria seguir em frente? Ou melhor escolher a seta da esquerda? Mas, e se eu voltar só um pouquinho para traz e pegar um atalho que eu vi em um caminho por ai? Estou perdida! Não sei mais qual caminho escolher! Senhor, me dá uma luz! Sei que ficar parada não vai adiantar em nada, mas seguir apressadamente também não vai! Sentei-me no chão, olhei para o horizonte a minha frente, e me peguei sendo encarada pela imensidão azul do céu, as nuvens correndo para lá e para cá, cada qual seguindo seu caminho… desconfio que até elas sabem em qual direção seguir, pois tem o vento como guia. 

Faz meia hora que estou aqui pensando em qual caminho seguir, e qual eu enfim conseguirei achar meu norte… na verdade talvez tenha se passado apenas alguns minutos, tanto faz, pois para mim parecem horas… o azul do céu está ficando mais escuro, saindo do azul e entrando no cinza…  provavelmente irá chover.

Ainda carrego comigo o pensamento de que é melhor não se ter tanta pressa, pois o apressado sempre come cru, ou frio demais. Mas também não quero ser devagar demais, pois assim acabarei não comendo nada. Me levanto, bato as mãos no vestido para limpar a terra que ficou nele enquanto eu estava sentada. Uma leve poeira sobe e logo se cessa. Sinto pingos de chuva no rosto. Olho para cima, e percebo que está chuviscando, uma tempestade se aproxima, imagino. Observo uma nuvem apressada passar por cima de mim, e percebo que ela tem a forma de uma seta, e esta seta está apontando para as minhas costas… que estranho, deve ser coisa da minha imaginação, que é muito fértil, por sinal. 

Começa a chover mais forte agora, e as gotas de chuva me chicoteiam e me deixam ensopada. Isso é bom, aqui e agora, nesse momento, para lavar a minha mente, esfriar os pensamentos. Sinto o frio da chuva entrar pelos ossos, e subir até o cérebro como uma limpeza geral no sistema todo. Para varrer pra bem longe as velhas lembranças, os velhos resquícios de ‘plano’… para colocar uma nova ordem, uma nova organização, para me lembrar de que tudo tem sua hora e seu lugar, e o que for para ser, será, o que tiver de vir, virá.
http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

Minha PlayList de Musicas Para o Enem

Hey terráqueo! Tudo beleza?

Gente, para quem já fez a prova sabe que o Enem é um ato de resistência! E quem estudou o ano inteiro, ou quem estudou metade dele, sabe que não é fácil. E muita gente deixa para intensificar ainda mais os estudos na última semana antes da prova. Friend, para, stop! Essa é uma das dicas que eu te dou, sabe porque? Você deixar tudo para última hora não vai adiantar de nada, pelo contrário, só irá sobrecarregar a sua mente ainda mais! Por isso, se você, durante esse tempo que estudou, fez anotações e revisões, dá uma olhada só para refrescar a memória sobre os assuntos que você anotou e principalmente os que mais caem. E para pra respirar e R E L A X A! 

Outra dica que eu dou é: tenta, durante essa semana que antecede o exame, não comer nada pesado, pega mais leve durante esses dias e ainda mais nos dias de prova, nada de bolo, chocolate ou nada relacionado. Leva frutas, água, algo que vá te deixar leve e com menos vontade de ir ao banheiro para não perder tempo!

Agora, além de tudo isso, você precisa ter P A Z e T R A N Q U I L I D A D E. Colocar a sua mente em FOCO. Saber que você estudou, e que na hora da prova Deus irá ajudar você a se lembrar dos assuntos estudados. 

E depois de todas essas dicas ai que eu falei, uma coisa essencial para me ajudar a entrar no clima, me dar mais força, coragem e mais um monte de sentimentos bons, é a musica. E hoje trago para você a minha playlist de musicas para o Enem, pra você já ir escutando durante essa semana e ao longo do caminho quando for para o local de prova. Então vamos lá! 

 

  • Para relaxar e acalmar:

 

 

 

 

 

  • Para focar:

 

 

 

 

 

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9

PlayList: Curtidas de Outubro Part – 02

Hey terráqueo! Tudo beleza?

Nesse post eu trago a segunda e última parte da playlist de outubro. Vou deixar linkado AQUI a primeira parte da playlist, depois dá uma conferida lá! Agora aperta o song e vamos para as musicas!

 

  • James Bay – Best Fake Smile

 

  • Too Good – Drake ft. Rihanna

 

  • Nelly Furtado – Feel So Close

 

  • Demi Lovato – Stone Cold

 

  • Halsey – Colors 

 

Comenta ai o que achou da playlist desse mês! Quais musicas mais gostou, quais nunca tinha escutado etc. Beijo 🙂

http---signatures.mylivesignature.com-54494-223-2CC7EC01C2A2D367655FA40B8E2B98B9