Trechos do Livro: “Auggie & Eu.”

AEE.png

frase2.png

maxresdefault.jpg

“O mundo é enorme e nem todos são legais sempre..”

“Sabem, uma das coisas que se aprende quando se chega a minha idade é que ás vezes uma situação nova surge, e você não tem ideia do que fazer. Não existe um manual que nos diga como agir em todas as circunstâncias da vida, entendem? Então o que sempre digo é que é melhor pecar pela gentileza. Esse é o segredo. Quando você não sabe o que fazer, simplesmente seja gentil. Não tem como dar errado.”

“Mas esta é a questão de ficar apavorado: não dá para controlar. Quando você tem medo, tem medo. E, quando você tem medo, tudo parece mais assustador do que deveria ser — até as coisas que não são. Tudo que dá medo meio que se mistura para criar esse grande sentimento de pânico. É como se você estivesse coberto pela manta do medo…”

“Por um lado, fico feliz que ela tente me ajudar. E, por outro, eu adoraria que ela parasse.”

“[…] Ficamos todos em silêncio por alguns minutos. Foi mais constrangedor do que você pode imaginar.”

“[…] Concordo, ás vezes é bom recomeçar. Um novo começo nos dá a chance de refletir sobre o passado, pesar as coisas que fizemos e aplicar aquilo que aprendemos com isso em nosso novo caminho. Se não examinamos o passado, não aprendemos com ele.”

“As coisas que acontecem conosco, mesmo as ruins, muitas vezes podem nos ensinar um pouco sobre nós mesmos.”

“Ás vezes odiamos as coisas de que temos medo.”

“Ser bom é sempre um ato de coragem.”

“Julian. Você é tão novo. Você sabe que as coisas que fez não estavam certas. Mas isso não significa que você não seja capaz de fazer o que é certo. Significa apenas que escolheu o caminho errado. Foi isso que quis dizer quando falei que você cometeu um erro.”

frase

“[…] Eu cometi um erro com Tourteau. Mas o bom da vida, Julian, é que ás vezes podemos consertar nossos erros. Aprendemos com eles. Nós nos tornamos pessoas melhores. Nunca mais cometi com ninguém o erro que cometi com Tourteau. E tive uma vida muito, muito longa. Você também vai aprender com esse erro. Deve prometer a si mesmo que nunca mais vai se comportar assim de novo. Um erro não define quem você é, Julian. Entende? Você pode simplesmente fazer a coisa certa da próxima vez.”

“—Estou orgulhosa de você, Julian. —Você acha que ele vai me perdoar? —Isso é com ele. No fim, mon cher, tudo o que importa é que você se perdoe. Você está aprendendo com seu erro. Como eu aprendi com Tourteau.”

“Fiquei feliz por isso. Tipo, feliz mesmo. E era bom ficar feliz. É meio difícil de explicar, mas acho que estava cansado de sentir que era um garoto horrível. Não sou. Como não paro de repetir, sou só um menino comum. Um menino típico, normal, comum. Que cometeu um erro. Mas, naquele momento, eu estava tentando fazer a coisa certa.”

“Em vez de ficarem sentados aqui como dois idiotas, deveriam dar os parabéns a Julian pela confissão! Ele está assumindo a responsabilidade! Está reconhecendo seus erros. É preciso muita coragem para fazer isso.”

“Ás vezes, as pessoas nos surpreendem.”

“Não gosto de revirar o passado. A vida está diante de nós. Se perdemos muito tempo olhando para trás, não vemos aonde estamos indo!”

2j5l9p0

“E, quando amigos precisam de nós, fazemos o que podemos para ajudar, certo?”

“Não podemos ser amigos só quando é conveniente para a gente.”

“Boas amizades valem um esforcinho a mais.”

“Se olhares matassem, Katie McAnn seria uma serial killer.”

“Por mais que eu relesse o problema, não conseguia descobrir por onde começar.”

“Escuta, o que aconteceu hoje foi assustador. É normal que você esteja chateado. Quando algo assustador assim acontece, funciona como um alerta, sabia? Faz a gente repensar o que importante na nossa vida. Nossa família. Nossos amigos. As pessoas que amamos.”

“Ás vezes, as amizades são difíceis.”

“Assim como respirar e engolir, chorar também é automático para a maioria das crianças.”

“Por sorte, o Auggie nunca me perguntou por que eu não fui à casa dele naquele dia. Fiquei aliviado por isso. Eu não sabia como poderia dizer que ser amigo dele também era difícil para mim às vezes.”

“Assim que saímos do prédio, mamãe me fez sentar num banco e me abraçou por um bom tempo. Não falou nada, ficou só me beijando no topo da cabeça.”

“… misturar amigos é esquisito mesmo nas melhores circunstâncias.”

“Foi então que eu entendi por que eles tinham se afastado. Ser amigo do Auggie era bem difícil as vezes.”

“E, quando amigos precisam de nós, fazemos o que podemos para ajudar…”

2j5l9p0

“Não tem nada mais engraçado do que tentar não rir quando se quer rir.”

“[…] Você se importa demais com o que as pessoas pensam..”

“—Olhe, a verdade é que eu acho o Auggie incrível. —Mas você nunca fala com ele. —Só porque não me sinto confortável perto dele não quer dizer que eu não o ache incrível.”

“É difícil deixar a infância para trás.”

“—Isso é tão legal! —Você fala muito tão legal..  —Isso não é legal.”

“[…] Por mais esquisita que fosse, Maya tinha bom coração.”

“Uma das coisas que mais sinto falta de quando era pequena é que a maioria dos filmes que eu via tinha final feliz…”

“[…] Conforme vamos ficando mais velhos, começamos a perceber que, ás vezes, as histórias não tem finais felizes. Ás vezes, os finais inclusive são tristes. Claro, isso torna a narrativa mais interessante, porque você não sabe o que vai acontecer. Mas também é meio assustador..”

“[…] —Todo mundo é um pouco cruel na escola, não acham? —Não!-disse Summer- —Nem um pouquinho?-retrucou Ximena- —Não-repetiu Summer-—Ninguém tem que ser cruel. Nunca.”

“O mau humor de Ximena, a proposito, era completamente falso. Algo que ela podia tirar sempre que quisesse. Como um cachecol que você usa até começar a pinicar seu pescoço. Quando estava com Savanna, ela usava o cachecol. Com a gente, ela o tirava.”

“Ás vezes eu botava os fones de ouvido para abafar o barulho na minha cabeça.”

“[…] A única coisa que me lembro desse dia é do livro de dinossauros que eu estava lendo. Tinha uma ilustração de um meteoro cruzando o céu sobre os tricératops. E me lembro de pensar que a morte do meu pai era como aquilo. Como a extinção dos dinossauros. Um meteoro atinge seu coração e muda tudo para sempre. Mas você continua aqui. Segue em frente.”

“[…] Pequenos passos, meninas! Tudo começa com pequenos passos!”

“Mas perceber que Ximena Chin, debaixo de sua várias e várias camadas de mau humor e maldade, podia ser um pouquinho doce. Quando não estava sendo um pouquinho cruel.”

2j5l9p0d

“[…] Ás vezes acabo sendo uma completa babaca. Mas quero que a gente seja amiga.”

“[…] Nem sempre é fácil confiar nas pessoas.”

“[…] —Só para você saber, ser legal é o primeiro passo para ser gentil. É um belo começo. Estou extremamente orgulhoso de você, Charlotte. -Talvez ele soubesse disso, talvez não, mas, para alguém como eu, palavras como essas valem todas as medalhas do mundo.”

“Maya tem sido minha amiga nos altos e baixos. Minha amiga mesmo. Todos esses anos. Do seu jeito desajeitado, leal e ligeiramente irritante. Ela nunca me julgou. Sempre me aceitou.”

“E aquele grupo de meninas na minha mesa com quem eu não tinha nada em comum? Bem, adivinhe só? Temos uma mesa em comum! E um jogo de pontinhos lindo que jogamos no almoço, com as canetas de cores diferente que Maya designou a cada uma de nós. Que temos que usar, ou ela fica zangada. Mas a Maya é assim. E isso nunca vai mudar.”

“—Hoje sou a rainha dos perdedores! -disse a própria Maya- -percebi que ela se sentia triunfante. Gostava da atenção que estava recebendo.”

“É estranho você conhecer uma pessoa a vida toda sem realmente conhecê-la.”

“Parece bobeira. Mas a mensagem dela me deixou muito feliz, e lágrimas encheram meus olhos na mesma hora.”

“[…] E agora descubro que fui notada. Mais do que gostaria de ter sido.”

“Todos os acontecimentos da noite se abatiam sobre mim como ondas fracas. Eu me sentia como se estivesse num barco, balançando com a maré. Minha cama flutuava num oceano.”

“Ela parecia estar realmente arrependida, mas havia algo em sua expressão que sempre fazia a gente se perguntar se estava mesmo sendo sincera.”

“[…] É engraçado como todas as nossas histórias meio que se entrelaçam. A história de uma pessoa sempre cruza com a de outra.”

“[…] Mais do que tudo, eu só queria mesmo, mesmo, mesmo, que ela gostasse de mim.”

“[…] —Meninas, ás vezes é preciso fazer escolhas…”

2j5l9p0d 

“Se você quer ser estrela, tem que estar disposta a se dedicar mais do que todo mundo para atingir seus objetivos e sonhos! Eu acredito que um sonho é como um desenho em sua mente que vai ganhando vida. Você tem que imaginá-lo primeiro. Depois tem que trabalhar muito, muito pesado para torná-lo realidade.”

“[…] Adoro diagramas de Venn. São muito úteis para explicar muitas coisas. Ás vezes eu os desenho para explicar as amizades.”

“Sei que as pessoas dizem que sou muito certinha. Não sei por que falam isso. Porque não sou tão certinha assim. Mas também não sou o tipo de pessoa que vai ser má com alguém só porque outro alguém disse que eu deveria ser. Odeio quando as pessoas fazem coisas assim.”

“[…] Minha esperança é de que, quando começarmos o sexto ano, mais velhos e sábios, todos nós aprendamos a confiar uns nos outros o bastante para podermos ser nós mesmos e aceitar os demais pelo que eles realmente são. (Ximena Chin)”

“[…] Mas a verdade é que eu sabia que as coisas não mudariam muito. Sabia que seria como depois da noite na casa de Ximena. Como se tivéssemos feito uma viagem secreta juntas. Uma viagem da qual ninguém mais ficasse sabendo. E quando voltássemos de nossa jornada, cada uma fosse para sua casa. Algumas amizades são assim. Talvez até as melhores amizades fossem assim. As conexões estão sempre ali. Apenas são invisíveis aos olhos.”

“[…] Foi como se eu a estivesse encontrado pela primeira vez na vida. Imagine descobrir que existe outra pessoa no mundo que sabe um segredo que só você sabia! Foi como se uma ponte invisível tivesse sido instantaneamente construída entre nós. Ou como se tivéssemos esbarrado numa porta minúscula nos fundos de um guarda-roupa e um fauno tocando acordeão tivesse nos dado boas-vindas a Nárnia.”

“[…] Sim, ela poderia ter sido mais legal comigo algumas vezes. Será que eu poderia ter sido mais legal com outras pessoas também?”

“[…] —Porque Maya me odeia? —Você tem que deixar isso pra lá. E não leve para o lado pessoal. Lembra que você me disse que eu precisava parar de me importar tanto com o que as pessoas pensam de mim? Você tem que fazer o mesmo. Esqueça o que Maya pensa de você. […] —É hilario que alguém que eu mal conheço me culpe por transformar as pessoas em zumbis? …”

“[…] Dava para ver que estava mesmo muito feliz. De seu ponto de vista, estava tirando do peito algo que a vinha incomodando de verdade e, como não dava a mínima para o que o grupo das populares pensava dela, achava que não tinha nada a perder. A verdade é que elas não tinham o poder de machucar Maya, porque minha amiga estava acima disso. Era só com Ellie que ela estava chateada, porque Ellie era sua amiga. Mas Maya realmente não se importava com o que as outras garotas pensavam dela, nem que estivessem rindo da sua cara ali mesmo. De certo modo, tenho que admitir: admiro a coragem de Maya.”

“[…] Maya facilita que as pessoas sejam más com ela. […]”

“[…] Adoro sua eterna aparência de alguém que acabou de chegar de uma longa viagem. Gosto disso.”

“[…] Mas, por outro lado, isso também é muito ruim, porque Maya não tem defesa para quando as pessoas não são legais com ela. Não tem boas respostas. Leva tudo muito a sério. O pior, porém, é que nem sempre ela entende quando as pessoas não estão afim de falar com ela. Ela continua falando ou fazendo perguntas até a pessoa ir embora.”

“[…] De certo modo, isso sempre foi uma das melhores coisas nela. Maya se aproximaria de qualquer um e presumiria que eram amigos. Ou faria algo muito legal por alguém do nada, como dar a Auggie um chaveiro do UglyDoll, como aconteceu na semana anterior.”

“Para Maya, era tudo preto ou branco, oito ou oitenta.”

Beijo 🙂

—Fransiely Karla.

Anúncios

2 comentários sobre “Trechos do Livro: “Auggie & Eu.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s